Avesso à gaveta

gaveta ao avesso

Pra não dizer que não falei sobre Coragem

Ao Coragem, pela coragem que nos legou Apenas por um desvio, uma espécie suposta mais fraca se une a uma espécie suposta mais forte, não por medo, mas por amor. … Continue lendo

22/08/2013 · Deixe um comentário

Atlântida: ou o mito das condições perfeitas

Em Atlântida todo mundo nasce artista, filósofo, atleta, virtuoso, sensível, rebuscado, rico e entusiasmado. Lá, eu sei, poeta algum sente angústia frente à estéril folha em branco. Todos bebem cores … Continue lendo

31/07/2013 · 3 Comentários

Ambiguidade Carnívora (Parte II)

“A liberdade olha pra baixo, pra sua modesta possibilidade  e se agarra à finitude para nela firmar-se” (S.K) Há qualquer coisa que se parte quando se parte, mas em qualquer parte … Continue lendo

03/05/2013 · 1 Comentário

Ambiguidade Carnívora (Parte I)

Confundo tudo que sinto nesse sentir que não tem fundo. Há dias em que meu riso solto vira um choro morno, choro toda vez que contemplo meu cachorro. Agora nem … Continue lendo

18/04/2013 · 1 Comentário

Microlomania

 O megalomaníaco só enxerga a própria grandeza. O devoto conclui conforme a sua religião.  A religião aumenta em poder quando contempla a multidão.  Multidão também é combustível de ideologias, um … Continue lendo

15/02/2013 · 4 Comentários

Oração ao tumulto

Que meu delírio seja por excesso, meu excesso seja razoável, o razoável sinuoso, sinuoso o próprio caminho, posto que a reta é prerrogativa do sóbrio caminhar, meu estradar é ébrio … Continue lendo

08/02/2013 · 1 Comentário

Primavera fabricada

A insatisfação, nossa matéria. Cada ser carrega em si um tanto de miséria. Abundância sempre gera agonia no precário. A circunstância faz o homem.  Não há como fugir do arbitrário. … Continue lendo

18/01/2013 · 5 Comentários

Feliz ano curvo

O tempo parece o caminhar sobre uma régua. A esse tempo que devora tudo chamamos horas, dias, anos, nessa insistência humana em confundir fragmentar e compreender. Como não sabemos ao certo … Continue lendo

31/12/2012 · 3 Comentários

Valsinha de fim-de-mundo

“E então vem-me o desejo transbordante, absurdo, de uma espécie de satanismo que precedeu satã, de que um dia, um dia sem tempo nem substância, se encontre uma fuga para fora … Continue lendo

20/12/2012 · 1 Comentário

Atípica tipicidade

Avesso à gaveta agora quer devassar a sua gaveta. Nesse mundo que se abre: XanArte criações histericamente apresenta ‘atípica tipicidade’, por Alberto Marques, Rafael Vascon e Romulo Bartolozzi

17/12/2012 · Deixe um comentário

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 46 outros seguidores

Oi, eu sou…


Click here to know more about me.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 46 outros seguidores